Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Guimarães 2012 introduziu novas questões na cultura portuguesa

O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, considerou esta terça-feira que “no que toca ao seu programa artístico e cultural, Guimarães 2012 cumpriu com mérito as aspirações e os objetivos que se lhe colocavam”.


Em depoimento enviado à Lusa, de balanço da Capital Europeia da Cultura (CEC), o novo secretário de Estado considerou que estes objetivos foram atingidos, “nomeadamente ao nível da pluralidade e diversidade e ao nível do envolvimento e da exigência”.

 

Jorge Barreto Xavier considerou que “na Cultura portuguesa, Guimarães 2012 teve também um outro benefício significativo, que perdurará no tempo: ter introduzido, no discurso e na reflexão, um conjunto de problemáticas que, atualmente, se revestem da maior importância”.

 

São elas, segundo o responsável governamental, questões “como a participação dos cidadãos no processo cultural, as relações entre o sistema cultural, o sistema educativo e o sistema económico no quadro das cidades atuais, ou a questão das relações entre cultura e regeneração urbana e social”. Para o secretário de Estado, “essas questões fazem hoje parte do núcleo central dos debates sobre orientações de política cultural”.

 

Neste balanço, o responsável da Cultura salientou ainda que “a internacionalização da cultura portuguesa ficou também a ganhar com Guimarães 2012, que teve um irrefutável impacto no público externo, atraindo à CEC pessoas de vários países europeus, e de fora da Europa”.

 

Barreto Xavier destaca, também, “o considerável conjunto de artistas internacionais que participou na concretização desta Capital Europeia da Cultura” e salienta ainda “o efeito que Guimarães 2012 teve em responsáveis políticos e protagonistas do mundo das artes e da cultura, em Portugal e fora do país”.

 

O secretário de Estado da Cultura será o último de uma série de responsáveis governamentais a lidar com a CEC, depois de, no final de 2006, Isabel Pires de Lima, ministra socialista, ter lançado o processo de candidatura. A pasta da Cultura, entretanto, passou pelas mãos de José Pinto Ribeiro, Gabriela Canavilhas e, já como secretário de Estado, por Francisco José Viegas, substituído em outubro pelo atual responsável.

 

Agência Lusa

publicado por Equipa SAPO às 12:36
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Julho de 2012

Jorge Sampaio: Capital Europeia da Cultura é um sinal de esperança

Jorge Sampaio apontou a Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012 como um "sinal de esperança" e como prova que a "vontade, talento e energia" dão a Portugal a "necessária projeção internacional".

 



No balanço de seis meses da Capital Europeia da Cultura (CEC) Guimarães 2012, o presidente do Conselho Geral da Fundação Cidade de Guimarães realçou que o evento está a mostrar que é "possível ir além do espaço" geográfico a que o país está "confinado".

 

De janeiro a julho, Guimarães 2012 desenvolveu 950 eventos, que se traduziram em 30 novos filmes, na estreia mundial de 10 novas criações musicais, 20 residências artísticas de teatro e dança, com uma assistência que ultrapassou os 300 mil participantes.

 

Segundo deu conta o presidente da Fundação Cidade de Guimarães, João Serra, já foram executados cerca de 40 por cento dos 25 milhões de euros previstos no orçamento global, que conta com um financiamento europeu de 18 milhões, "já completamente assegurado".

 

Já Sampaio destacou os "feitos" de Guimarães 2012 ao apontar que se "constataram sucessos em vários domínios", desde a nova criação, educação, formação e experimentação.

 

Impacto internacional


O ex-presidente da República ressalvou "a importância que Guimarães adquiriu no contexto nacional e internacional" e "o contributo económico e social" que o evento assumiu.

 

Sampaio destacou ainda o papel da CEC na internacionalização de Portugal avisando que "é preciso ir além do espaço geográfico do país numa altura em que é necessária projeção internacional" e que "Guimarães tem conseguido isso".

 

Exemplo desta projeção, apontou Sampaio, "é a percentagem de participantes nos eventos fora de Guimarães (50 por cento) e estrangeiros (25 por cento)". Ideia reforçada por João Serra, que referiu "a quantidade de visitantes institucionais que têm vindo à cidade", cerca de 700.

 

Financiamento garantido


Sobre a questão do financiamento, João Serra afirmou que "todas as candidaturas já estão apresentadas", 58 no total, e o "financiamento garantido", incluindo o do movimento associativo Tempos Cruzados. "Apesar da situação anormal vivida entre fevereiro e março, as contingências do passado estão ultrapassadas", assegurou.

 

Serra referia-se aos "atrasos" no pagamento dos fundos europeus através do Programa Novo Norte, consequentes da restruturação do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), superados pelo "regime de exceção" que o Governo reconheceu à CEC pela "importância e vitalidade do evento".

 

A Fundação chegou mesmo a ter que recorrer a empréstimos na banca tendo-se também "socorrido" da receita de bilheteira para "fazer face aos compromissos inerentes à execução da programação", segundo João Serra.

 

O presidente da Fundação garantiu, "que nada ficou por fazer ao contrário do que chegou a ser noticiado" admitindo, porém, que "foram necessários alguns ajustes".

 

Turismo aumenta


Ambos os responsáveis assinalaram que a CEC teve um "forte impacto" nos números do turismo de Guimarães, cuja taxa de ocupação por quarto passou de 47 para 62,2 por cento, em "claro contraciclo com a realidade nacional".

 

Também a venda de bilhetes do teleférico registou aumentos, na ordem dos 47 por cento, comparando com 2011, assim como o Paço dos Duques que atingiu os 220 mil visitantes nos primeiros meses de 2012, mais 40 por cento do que no ano anterior.

 

Agência Lusa/SAPO Notícias

Imagem: Almedina Mestrovac e Sara Kozlovic

publicado por Equipa SAPO às 12:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Cultura na cidade-berço

Guimarães é Capital Europeia da Cultura durante 2012. O SAPO Notícias quer sentir o pulso à cidade-berço através de reportagens, testemunhos e curiosidades.

Categorias

. Página inicial
. Em foco
. Locais
. Testemunhos

Agenda

Confira a programação completa da Capital Europeia da Cultura no site oficial.

Pesquisa

Posts recentes

Guimarães 2012 introduziu...

Jorge Sampaio: Capital Eu...

Canal de vídeos Guimarães 2012 no SAPO

tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds