Terça-feira, 17 de Julho de 2012

Dormir numa escultura em Guimarães

É uma escultura? Uma instalação? Uma pequena habitação vermelha? O Shelter é tudo isso e desafia o público a repensar a sua relação com a obra de arte. Quem quiser até pode dormir neste "abrigo" que está em exposição na Plataforma das Artes, em Guimarães.

 


Numa visita a este novo espaço da Capital Europeia da Cultura (CEC) é impossível não reparar numa escultura vermelha de formas arredondadas que se destaca ainda de longe. Se chegar mais perto, vai acabar por reparar que a escultura tem janelas e uma porta.

 

O projeto Shelter foi pensado especialmente para a CEC, que este ano decorre em Guimarães. Gabriela Gomes, artista e designer, tem desenvolvido trabalhos entre a linha ténue que separa mas também une a escultura e o design.

 

“A ideia inicial foi fazer uma escultura onde se pudesse dormir lá dentro”, explica ao SAPO Notícias, o que implicou o desenvolvimento de um “projeto multidisciplinar”, que foi buscar muito à arquitetura e à engenharia.

 

O Shelter (abrigo em português) é autónomo em termos energéticos através de painéis solares colocados no topo da construção, que é feita de madeira, cortiça e OSB (aglomerado de partículas de madeira longas e orientadas). O exterior é revestido de cortiça projetada que “funciona como um impermeabilizante”, explica Gabriela Gomes.

 

Depois das questões técnicas, o conforto dos utilizadores também foi uma prioridade, desde já com o uso de “formas arredondadas” que dão a sensação de “proteção”, diz a criadora do Shelter. Tudo para que as pessoas que escolham ali dormir tenham “uma experiência inovadora em termos de contato com o espaço”.

 

Uma noite no Shelter custa 100 euros para duas pessoas com direito a pequeno-almoço e mais alguns “miminhos” disponibilizados por alguns dos parceiros do projeto. Gabriela Gomes diz que já existem reservas e até uma oferta de compra da instalação a partir do Canadá. Para já, o Shelter continua na Plataforma das Artes, em Guimarães. Quem não quiser lá dormir, sempre pode tentar espreitar por entre as suas janelinhas redondas.

 

Alice Barcellos/SAPO Notícias

publicado por Equipa SAPO às 17:56
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Pedro a 18 de Julho de 2012 às 11:13
A ideia está muito boa realmente! Hoje em dia, para quem tem uma vida ativa, pouco mais precisa que um pequeno espaço para dormir, WC e cozinha.
Eu era menino de "arrendar" uma coisa dessas! :-)

Já agora, alguém sabe qual é a música de fundo?
De Equipa SAPO a 18 de Julho de 2012 às 11:40
Bom dia Pedro,
A música de fundo chama-se "Snake" e pertence ao álbum The Elephant's Child do Bobby McFerrin.
Cumprimentos,
Alice Barcellos
De Anónimo a 29 de Julho de 2012 às 21:20
gostava emenço de esprementar dormir assim uma noite tenho a senssação que é um lucal muito aconchegado vou sonhando quem sabe um dia se não terei essa oportunidade é giricimo
De Anónimo a 29 de Julho de 2012 às 21:22
gostava emenço de esprementar dormir assim uma noite tenho a senssação que é um lucal muito aconchegado vou sonhando quem sabe um dia se não terei essa oportunidade é giricimo
La Salete

Comentar post

Cultura na cidade-berço

Guimarães é Capital Europeia da Cultura durante 2012. O SAPO Notícias quer sentir o pulso à cidade-berço através de reportagens, testemunhos e curiosidades.

Categorias

. Página inicial
. Em foco
. Locais
. Testemunhos

Agenda

Confira a programação completa da Capital Europeia da Cultura no site oficial.

Pesquisa

Posts recentes

Capital Europeia da Cultu...

Capital Europeia da Cultu...

As polémicas da Capital E...

Guimarães 2012: um ano em...

Coração da Capital Europe...

Guimarães 2012 introduziu...

CEC despede-se com a mens...

O 'desenrascanço' portugu...

Centro histórico de Guima...

Emigrantes vimaranenses r...

Canal de vídeos Guimarães 2012 no SAPO

tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds