Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2012

Capital Europeia da Cultura mudou o rosto e a alma da cidade

A Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012 trouxe à cidade novos edifícios e a requalificação de símbolos vimaranenses, obras que não só mudaram o "rosto" da cidade, como lhe mudaram a "alma", dando a Guimarães um "novo fôlego".


 

O administrador da Fundação Cidade de Guimarães, Paulo Cruz, destacou algumas das intervenções da componente material de Guimarães 2012, como a Plataforma das Artes e da Criatividade, a requalificação do Largo do Toural, a reutilização da antiga fábrica têxtil Asa e o Instituto do Design, resultado da renovação de outros espaços fabris.

 

A menos de 48 horas da cerimónia de encerramento da Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012, o balanço do ano aponta para mudanças de comportamento dos vimaranenses e marcas na cidade que vão perdurar.

 

"A cidade ganhou um fôlego. Inclusivamente ao nível da participação dos cidadãos que observamos em todos os projetos. Trouxe uma nova consciência, a de que as pessoas querem fazer parte dos projetos de decisão", afirmou.

 

Plataforma das Artes

 

Construiu-se a Plataforma das Artes e da Criatividade, uma obra com "várias intenções" e na qual se espera que "fervilhem ideias". Uma obra com um custo que rondou os 17 milhões de euros, e resultou numa "infraestrutura de grande dimensão eclética".

 

Esta, porém, é uma obra que vai além do edifício principal, uma vez que levou também à reabilitação do antigo Mercado de Guimarães que, adiantou Paulo Cruz, terá "um conjunto de espaços vocacionados para a incubação de atividades artísticas de jovens criadores que necessitem de ter um espaço onde possam desenvolver, testar a sua ideia de negócio".

 

No antigo mercado, haverá ainda lojas, uma livraria e uma cafetaria, prosseguindo-se, assim, o objetivo de que "as pessoas sejam ali levadas quase como iam no passado ao mercado" e que "se surpreendam e contactem com o processo criativo".

 

Espaço ASA

 

O Espaço Asa, instalado numa das maiores fábricas têxteis da história de Guimarães, desativada há sete anos, corporiza o "espírito" desta Capital Europeia da Cultura: "dar outra vida".

 

A Asa acolheu o Laboratório de Curadoria, em que se "debateram processos criativos e curatoriais contemporâneos" que, ao longo do ano, fizeram com que o espaço fosse "sofrendo mutações". O espaço acolheu exposições, salas de ensaios de artes performativas, de espetáculos e de criação.

 

"Todo este espaço se propiciou para experiências menos usuais. Foi um espaço de reflexão, de partilha de novas práticas artísticas", concluiu Paulo Cruz.

 

Reabilitação urbana

 

Guimarães 2012 trouxe também mudanças e renovação de velhos locais da cidade, como o Largo do Toural e a zona de Couros, onde se situa agora o Instituto do Design, em antigas fábricas de curtumes.

 

A renovação do Toural, que custou cerca de sete milhões de euros, foi uma das mais significativas intervenções da CEC.

 

"A renovação do Toural permitiu uma alteração de escala, mais adequada àquela fachada pombalina. Beneficiou a circulação pedonal, reduziu um pouco a presença do automóvel e, sobretudo, devolveu uma maior permeabilidade à zona da alameda", referiu.

 

Finalmente, apontou Paulo Cruz, a instalação do Instituto de Design em Couros, um investimento na ordem dos 8 milhões de euros, e um dos "exemplos de que a componente material não tratou apenas de renovar espaços para uma utilização efémera".

 

Neste contexto, autarquia e Universidade do Minho tiveram a "oportunidade" de criar "condições laboratoriais adequadas à instalação de um instituto", permitindo o trabalho conjunto de designers, empresas e investigadores.

 

"Mudou não só o rosto. Mudou também um bocadinho da alma da cidade. Este ano foi uma oportunidade de expandir os seus horizontes, de surpreender, de chocar, de permitir o desenvolvimento de projetos", concluiu Paulo Cruz.

 

Agência Lusa

publicado por Equipa SAPO às 11:27
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De fátima pereira a 21 de Dezembro de 2012 às 12:27
Parabéns Guimarães pelo sucesso alcançado com a CEC 2012 e sobretudo por aproveitarem o evento para deixar obra para o futuro., que beneficiará a população residente, o Norte do país e o próprio país...
Parabéns também por mais o magnífico espaço "Plataforma de Artes e Criatividade",mesmo no coração da cidade, o "Espaço Asa" , que se vem juntar ao já existente Centro de Artes e Espetáculos S. Mamede e ao magnífico e imponente Centro Cultural Vila Flor.
Apesar de ser vimaranense, mas estar a viver fora da cidade há uns anos, sempre que lá vou fico agradavelmente surpreendida e admirada com todas as novidades que encontro e perceber que uma cidade de interior de média dimensão, consegue tão bem aliar aspetos de modernidade com uma vasta oferta cultural e artistica , pouco comuns neste tipo de cidades e com uma preservação do centro histórico verdadeiramente impressionante, fazendo com que as suas gentes se sintam verdadeiramente orgulhosas da sua cidade e de fazerem parte integrante dela!
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2012 às 16:11
Não tive oportunidade de assistir a qualquer espetáculo, pelo facto de os mesmos estarem sempre esgotados. Poderiam Tê-los repetidos, mas não o fizeram... .
Até ao dia 20/12, não havia qualquer iluminação natalícia, ao contrario dos anos anteriores... .Seguramente que estarão a poupar para continuar a pagar durante os próximos 18 meses os elevados salários da cec 2012.
Tudo somado....o rei vai nú ... .Ficamos com as mãos cheias de nada.
De Paulo a 22 de Dezembro de 2012 às 01:32
Nunco vi tanta mentira junta, a CEC foi a maior farsa e SNOBidade que já existiu

Comentar post

Cultura na cidade-berço

Guimarães é Capital Europeia da Cultura durante 2012. O SAPO Notícias quer sentir o pulso à cidade-berço através de reportagens, testemunhos e curiosidades.

Categorias

. Página inicial
. Em foco
. Locais
. Testemunhos

Agenda

Confira a programação completa da Capital Europeia da Cultura no site oficial.

Pesquisa

Posts recentes

Capital Europeia da Cultu...

Capital Europeia da Cultu...

As polémicas da Capital E...

Guimarães 2012: um ano em...

Coração da Capital Europe...

Guimarães 2012 introduziu...

CEC despede-se com a mens...

O 'desenrascanço' portugu...

Centro histórico de Guima...

Emigrantes vimaranenses r...

Canal de vídeos Guimarães 2012 no SAPO

tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds